3.9.08

Dia do Biólogo

Hoje é o Dia Nacional do Biólogo e foi em um 3 de setembro no ano de 1979 que foi sancionada a Lei 6.684. Essa lei regulamentou a profissão de Biólogo e criou o Conselho Federal de Biologia (CFBio). Geralmente, o biólogo é identificado como alguém que gosta de animais e plantas ou que fica o dia todo em um laboratório de genética, mas não é só isso. A biologia é uma parte da ciência que congrega uma rede de assuntos amplos e complexos que são estudados. Por isso, os profissionais das Ciências Biológicas atuam em várias áreas como meio ambiente, saúde, agricultura, educação, entre outras.A biologia também possui uma interdisciplinaridade que faz com que o profissional, principalmente da educação, tenha conhecimento de outras matérias como química, matemática, física e até geografia. Infelizmente, a área da educação para o biólogo não é atraente e geralmente os estudantes escolhem como última opção ser professor de ensino médio ainda mais no setor público. É pouco atraente, pois além do baixo salário, há poucas aulas no ensino médio – somente duas aulas por semana – e também o estresse cotidiano que os professores suportam.Os biólogos que atuam nas outras áreas sofrem concorrência direta e às vezes injusta de outras profissões. Muitas vagas em empresas e no setor público que poderiam ser estritamente para os biólogos são oferecidas para biomédicos, agrônomos, engenheiros ambientais, químicos e outros. Não se trata aqui de ranço com alguma dessas profissões, mas é uma reclamação recorrente de muitos biólogos que são impedidos de disputar vagas que estariam plenamente aptos para exercerem.A pesquisa parece ser geralmente o objetivo da maioria dos iniciantes da graduação de ciências biológicas, mas ainda é para poucos, pois a dedicação tem que ser exclusiva e as bolsas de estudo ainda são insuficientes e de baixo valor. O governo federal concedeu um reajuste pífio, pois há mais de 10 anos o valor das bolsas de iniciação científica estava praticamente congelado. Já que estou falando do Dia do Biólogo, não poderia deixar de mencionar a minha formação que foi feita na Unimep. Infelizmente, essa passa por uma crise financeira e vejo com muita tristeza uma instituição do nível da Unimep perder alunos para universidades de “fundo de quintal” que fazem da educação apenas um negócio. Sempre fiz muitas críticas à universidade, mas reconheço o esforço de muitos coordenadores, professores e alunos que fizeram a Unimep alcançar o patamar de uma das melhores do Brasil. No país, o ensino superior é ainda para poucos e a maioria das vagas é oferecida por instituições particulares de ensino e muitas se tornaram apenas máquinas de diploma, suprindo uma demanda crescente que o governo não atende. Bolsas como o ProUni são importantes, mas em vez de destinar dinheiro somente às universidades particulares, deveria ampliar as vagas nas públicas.Recentemente, o CFBio rejeitou diploma de alunos de cursos à distância em Biologia, o que eu considerei uma decisão acertada. Acho que cursos superiores como Biologia, Agronomia e Farmácia, por exemplo, têm nas suas grades curriculares muitas matérias práticas que não podem ser substituídas por tele-aulas com monitores técnicos. Nas aulas teóricas, o contato com o professor é essencial e também valoriza esse profissional que se dedica à vida acadêmica. Ensino à distância deveria ser muito bem elaborado para determinadas áreas e não liberalizar geral fazendo com que muitos acreditem e gastem dinheiro em cursos com qualidade duvidosa e sem o respaldo de seus conselhos como ocorreu com o de Biologia.Enfim, parabéns a todos os biólogos, os quais merecem o reconhecimento da sociedade sobre os avanços tecnológico-científicos e do conhecimento que essa mesma usufrui.
OBS: Esse texto foi publicado no jornal A Tribuna - Piracicaba e está disponível no site:
http://www.tribunatp.com.br/modules/smartsection/item.php?itemid=207
Share/Bookmark

3 comentários:

Deborah disse...

Betooooooooo
parabens pra vc tb e parabens pela materia, muito boa

Anônimo disse...

Beto, mto bom artigo, acredito que todos nós (biólogos) concordamos com ele.
Um abraço, parabens e sucesso!!!
Re Rufino

Érica disse...

Mais uma vez Parabéns Beto!!!!Muito boa a matéria!!!E Parabén para todos nós!!!